Coma alimentos “de verdade”

Coma alimentos saudáveis.

O aspecto mais importante a ter em mente quando estiver criando seus cardápios é incluir, sempre que possível, uma rica variedades de alimentos “verdadeiros”, integrais e não processados.

Alimentos integrais

Não quero parecer repetitivo, mas vale a pena enfatizar a importância de voltarmos às raízes históricas da nutrição humana. Na fase de preparação da prescrição do metabolismo, vou ensinar a se livrar de todos os alimentos “falsos” que você come hoje em dia.

Esse será um passo importante para desintoxicar seu organismo e “limpar” sua dieta, descartando os itens nocivos. Além de deixá-lo mais saudável, essa etapa ou ajudar a controlar o apetite e emagrecer.

Veja alguns exemplos de alimentos “verdadeiros”:

  • Frutas frescas, e não frutas e nem sucos de frutas em caixas, latas, etc.
  • Hortaliças frescas, e não hortaliças enlatadas.
  • Peixes não criados em viveiros.
  • Grãos integrais, e não grãos processados.
  • Gado alimentado no pasto, e não gado confinado, alimentado com ração.
  • Nozes, sementes, leguminosas ou feijões que não sejam Fritos nem salgados.

Se você começar a fazer isso a partir de agora, sentir a saúde melhorar e a energia mudar. Seu apetite ficará sob controle e seu peso vai diminuir.

Como as gorduras certas

Consumir os tipos certos de gordura é importante para ativar os genes que ajudam a emagrecer e desativar os que fazem engordar. Diversos estudos provam isso. As gorduras são um dos principais componentes da alimentação que se refere ao controle dos genes, do peso e da inflamação. E são úteis de muitas maneiras.

Gorduras Naturais

As gorduras dos alimentos proporcionam uma energia satisfatória, que é absorvido lentamente. Com elas, a sensação da saciedade surge mais rápido e permanece por mais tempo. Essas gorduras não desencadeiam uma grande liberação de insulina no organismo, como acontece com os açúcares e carboidratos refinados.

Além disso, contribui para diminuir a carga glicêmica (CG) geral da refeição ao se misturarem com todos os outros alimentos no sistema digestivo, fazendo com que sejam absorvidos mais devagar até chegarem a corrente sanguínea.

Uma vez na corrente sanguínea, as gorduras benéficas ajudam a formar membranas celulares saudáveis – são essas estruturas externas das células que controlam os sinais e as mensagens provenientes de todos os pontos do organismo (e até da insulina). Isso contribui para melhorar a comunicação entre as células.

Algumas gorduras importantes (ômega 3) entram nas células e se comunicam com o DNA, ativando genes especiais que permitem acelerar a queima de gordura, melhoram o controle do açúcar no sangue, corrigem a resistência à insulina e diminuem a inflamação.

Uma das melhores maneiras de ajudar as pessoas a emagrecer e recuperar a saúde é oferecer-lhes uma troca de óleo. Um estudo de todos os possíveis tratamentos para prevenir doenças cardíacas, incluindo as novas drogas, revelou que o óleo de peixe é o recurso mais eficaz. Idealmente, poderíamos nos limitar a consumir mais gorduras ômega 3.

Salmão

Porém, a não ser que sejamos capazes de sobreviver com uma dieta baseada em salmão fresco do Alasca, é melhor tomarmos um suplemento de óleo de peixe puro, sem metal nem pesticidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *